Espiritismo .NET

suicídio

Semana de amor à vida em MG

De 8 a 10 de junho de 2017 acontecerá no auditório da Sede Histórica da União Espírita Mineira (UEM) a Semana de Amor à Vida – Reflexões Sobre o Suicídio.

Na programação, palestras de Fernando Rizzato, Juselma Maria Coelho e Waldemar Krepke. No último dia, seminário sobre recepção e atendimento fraterno especializado acerca do suicídio, realizado pela equipe do atendimento espiritual da UEM.

Suicídio

RESUMO:

1. Introdução
2. Conceito
3. Histórico
4. Causas do Suicídio:
4.1. Perspectiva Biológica
4.2. Teorias Psicológicas
4.3. Sentido Sociológico
5. Estatística
6. Centros de Prevenção
7. Doutrina Espírita:
7.1. Anotações Extraídas das Obras Básicas de Allan Kardec
7.2. Anotações Extraídas das Obras Complementares
7.3. Reflexões Baseadas nos Pressupostos Espíritas
8. Conclusões
9. Bibliografia Consultada

1. INTRODUÇÃO

O vale dos suicidas

EM DEFESA DA VIDA

O VALE DOS SUICIDAS

Mas na caverna onde padeci o martírio que me surpreendeu além do túmulo, nada disso havia!

Aqui, era a dor que nada consola, a desgraça que nenhum favor ameniza, a tragédia que idéia alguma tranquilizadora vem orvalhar de esperança! Não há céu, não há luz, não há sol, não há perfume, não há tréguas!

Suicídio e delinqüência

Todo rio procede de uma nascente simples.

A maioria dos incêndios se alteia de alguma faísca.

Assim também sucede com o suicídio e a delinqüência:

A reclamação demasiadamente repetida;

O grito inesperado, desarticulando o equilíbrio emocional de quem ouve;

O gesto de irritação;

A frase de crítica;

A explosão de ciúme;

O confronto infeliz;

A queixa exagerada;

A exigência sem razão;

A palavra de insulto;

A resposta à base de zombaria;

Ou o compromisso desprezado...

Suicídio e obsessão

EM DEFESA DA VIDA

SUICÍDIO E OBSESSÃO

Fala-vos humilde companheira que ainda sofre, depois de aflitiva tragédia no suicídio, alguém que conhece de perto a responsabilidade na queda a que se arrojou infeliz.

O pensamento delituoso é assim como um fruto apodrecido que colocamos na casa de nossa mente.

............................................

Jovem caprichosa, contrariada em meus  impulsos afetivos, acariciei a idéia da fuga, menoscabando todos os favores que a Providência Divina me concedera à estrada primaveril.

Opção pela vida

EM DEFESA DA VIDA

SUICÍDIO – VI

OPÇÃO PELA VIDA

Nos atuais dias turbulentos aumenta, assustadora e consideravelmente, os números dos indivíduos que se negam a viver, a enfrentar os desafios e as dificuldades, fugindo por meio da ingestão de drogas alucinógenas, do álcool, dos excessos desvigorantes, ao prosseguimento da existência corporal.

Impressões dos suicidas

EM DEFESA DA VIDA

SUICÍDIO – IV

Quais as primeiras impressões dos que desencarnaram por suicídio?

- A primeira decepção que os aguarda é a realidade da vida que se não extingue com as transições da morte do corpo físico, vida essa agravada por tormentos pavorosos, em virtude de sua decisão tocada de suprema rebeldia.

Páginas