A Fonte Q e a origem dos evangelhos

Notável é o fato de que esses evangelhos possuem grande semelhança, o que pode indicar origens comuns para sua escrita, daí sua denominação de sinóticos, ou seja, que compartilham o mesmo ponto de vista. Se observados paralelamente, é possível perceber que quase 80% do Evangelho de Marcos está inserido em Mateus e Lucas, enquanto esses  dois evangelhos possuem aproximadamente 65% de material em comum.