12ª Jornada do Livro dos Médiuns em Alagoas

Até 14 de janeiro, está sendo realizada a 12ª Jornada do Livro dos Médiuns pela Federação Espírita de Alagoas. Este ano, o tema da jornada fala sobre a “Mediunidade no Rumo do Mundo de Regeneração”. O evento é presencial e em parceria com sete casas espíritas. A programação está disponível no site https://feeal.org.br/.

Por que fazer elogio é bom para quem o faz – mesmo que ele não saiba

Só há relativamente pouco tempo é que os psicólogos passaram a prestar mais atenção aos elogios, com a maior parte das primeiras pesquisas analisando seu potencial persuasivo. Em um estudo memorável de 2010, Naomi Grant, professora associada de psicologia na Mount Royal University em Calgary, no Canadá, convidou os participantes a participar de um estudo sobre "formação de impressões". Alessandra Belo comenta.

Medicina avança com sequenciamento completo do genoma humano

Existe dentro de você e de todos os seres vivos uma molécula especial chamada DNA, cuja sigla em inglês responde por ácido desoxirribonucleico. Como um código de computador, ela contém toda a informação necessária para formar e manter um organismo. Alessandra Belo comenta.

Coluna: Em dia com o mundo 10

Houve um tempo em que Natal significava um momento espiritual de renovação. O nascimento de Jesus, em Belém de Judah, significava a renovação da aliança para um futuro promissor entre o Criador e os habitantes do orbe terreno. O anúncio do mensageiro celeste, desde o primeiro momento, apontava para grandes promessas de sabedoria e paz.

Por que sentir gratidão faz bem à saúde

Escrever um "diário da gratidão" pode parecer brega, antiquado ou até positivo demais. Talvez seja. Mas entrar no hábito de expressar gratidão pode não apenas nos fazer sentir melhor, como também reprogramar nosso cérebro com efeitos duradouros e provocar mudanças benéficas em nosso corpo. E você pode fazer isso de uma maneira bem fácil: escrevendo uma lista das coisas pelas quais sente gratidão. Pode ser à noite, antes de dormir, ou de manhã, antes de começar o dia. Mabel Perito Velez  comenta.

Coluna: Em dia com o mundo 9

A realidade é o conjunto dos fatos. O modo como a percebemos é função de nossos instrumentos de sensibilidade. A forma como a compreendemos depende de nossos conhecimentos, de nossa inteligência e capacidade de abstrair e ver relações. Mas sentimos o mundo com as emoções que cultivamos, com a disposição pela qual escolhemos apreciar a realidade. Jesus dizia: onde estiver o vosso tesouro, aí estará o vosso coração.  O coração, pelas suas alterações de pulsação conforme o estado emocional do indivíduo, foi escolhido como símbolo das emoções e sentimentos.

Depois da morte: o mundo invisível

Se o nosso organismo físico apresenta alguma infecção, não questionamos a existência do vírus ou da bactéria, mesmo sem vê-los. Sabemos que os nossos sentidos não conseguem captar todas as informações do mundo que nos cerca. Existe um mundo invisível e se a nossa força visual não tivesse sido aumentada pelas descobertas da óptica, que saberíamos do Universo na hora presente? A nossa racionalidade nos leva a depreender que ainda precisamos de sentidos ou equipamentos que consigam demonstrar a existência de outros seres ou matérias em nosso entorno, imperceptíveis hoje para nós. Provas são necessárias!

Um dia de consciência é pouco!

O Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra foi estabelcido para ser comemorado, anualmente, no dia 20 de novembro, data do falecimento do líder negro Zumbi dos Palmares, conforme a Lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011.  A lei federal é o resultado de um longo processo para fazer a sociedade reconhecer o débito que temos com a população preta, descendentes dos povos africanos submetidos a um diáspora exploratória por meio da escravização de pessoas.

ÓCHÊMA: UMA CONCEPÇÃO NEOPLATÔNICA DO PERISPÍRITO

Existe na história da filosofia um platonismo considerado tardio, uma espécie de revivescência de Platão que ficou conhecido como neoplatonismo. Amônio Sacas, filósofo romano radicado em Alexandria, da transição entre os séculos 2 e 3 da era comum (ou depois de Cristo, como se falava na minha juventude...) é considerado um dos fundadores dessa escola e influenciou diversos pensadores de sua época, como Plotino, e mesmo pensadores cristãos, como o “quase-pai” da igreja, chamado Orígenes, que entre outras coisas, aceita a realidade lógica de uma pré-existência do Espírito como forma de se entender as diferenças de condição dos homens no mundo.

Páginas

Atendimento Fraterno via chat. De domingo a sexta-feira, das 20h às 22h; quinta-feira, das 08h15 às 11h15; e em dias e horários alternativos.