Espiritismo .NET

Pessoas egoístas são mais felizes

13 de dezembro de 2012



Pessoas egoístas são mais felizes



A chave para a satisfação é sentir que não temos escolha a não ser sermos egoístas


Fazer suas escolhas sem ter que se preocupar com os outros deixa as pessoas mais felizes, é o que garante uma pesquisa realizada por psicólogos da Universidade da Pensilvânia, publicada pela “Psychological Science”.


O estudo feito com 216 estudantes universitários mostrou que aqueles que escolhem um caminho egoísta geralmente precisam lutar contra a culpa. De acordo com os psicólogos isso acontece porque desde criança as pessoas aprendem que partilhar significa cuidar, e, se tomarem decisões que visem o próprio interesse sem se importar com os outros, acabam se sentindo mal por priorizar a si mesmo. Dessa maneira, muitas vezes preferem renunciar à felicidade.


— Muitas vezes o que as pessoas realmente querem é agir de forma egoísta. Mas eles não fazem isso, pois sabem que se sentiriam mal — diz o psicólogo Jonathan Berman, que afirma que a chave para a satisfação é sentir que não temos escolha a não ser sermos egoístas.


Notícia publicada no Jornal O Globo, em 22 de outubro de 2012.



Sonia Maria Ferreira da Rocha* comenta


“O egoísmo, esta chaga da humanidade, deve desaparecer da Terra, porque impede o seu progresso moral.” - O Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo XI – Amar o próximo como a si mesmo.


“O mandamento maior. Fazermos aos outros o que queiramos que os outros nos façam.” No capítulo acima do evangelho de Jesus, trata da lei maior que o Mestre veio nos ensinar: o amor ao próximo, a caridade, enfim, o amor incondicional. É por esse ensinamento que vamos evoluir espiritualmente. É a prática do amor que faz com que possamos nos aproximar de Deus, deixando para trás o orgulho, a avareza, a ambição, o egoísmo.


Como podemos entender que pessoas que valorizam somente as suas vontades, à custa muitas vezes do sofrimento do seu semelhante, possam ser felizes? Sabemos que esse tipo de comportamento só atrai espíritos ignorantes da Lei Divina e que acarretam grandes sofrimentos no futuro. Esses irmãos de caminhada que ainda valorizam, primeiramente, as suas vontades se distanciam cada vez mais do amparo, da proteção dos espíritos que trabalham na seara do Pai.


Jesus veio nos dar o exemplo da importância da caridade, como ensinamento para a nossa evolução moral. O egoísmo é o oposto do mais importante valor que Jesus nos deixou através dos seus exemplos, quando esteve entre nós.


Por isso, queridos irmãos, não pode ser esse comportamento um componente para a nossa felicidade. É falsa essa afirmação vinda de irmãos que só valorizam pequenos e falsos momentos de satisfação, nas suas caminhadas. Segundo Emmanuel, deve ser um alvo para o qual todos os cristãos devem dirigir as suas armas, as suas forças e a sua coragem. E nos diz que a coragem é a qualidade mais necessária para se vencer a si mesmo em vez de procurar vencer os outros. Cabe a cada um de nós dedicar toda a nossa atenção para combater o egoísmo em si mesmo, pois esse monstro devorador de todas as inteligências, filho do orgulho, é a fonte de todas as misérias terrenas, o maior obstáculo à felicidade dos homens.


“E é a vós, novos apóstolos da fé, que os Espíritos superiores esclarecem, que cabem a tarefa e o dever de extirpar esse mal, para dar ao Cristianismo toda a sua força e limpar o caminho dos obstáculos que lhe entravam a marcha. Expulsai o egoísmo da Terra, para que ela possa elevar-se na escala dos mundos, pois já é tempo da humanidade vestir a sua toga viril, e para isso é necessário primeiro expulsá-lo de vosso coração.” - Emmanuel


* Sonia Maria Ferreira da Rocha reside em Angra dos Reis, RJ, estuda o Espiritismo há mais de 30 anos e é colaboradora regular do Espiritismo.net.