Espiritismo .NET

Mãe de 51 anos empresta barriga para filha ter um bebê, em Goiás

18 de setembro de 2012



Mãe de 51 anos empresta barriga para filha ter um bebê, em Goiás



Dona de casa fez a fertilização in vitro pelo SUS, no Hospital das Clínicas. Ela precisou emagrecer 11 kg para conseguir engravidar.


Do G1 GO, com informações da TV Anhanguera


Mesmo após ter retirado o útero há 20 anos, a funcionária pública do município de Santa Helena (GO) Fernanda Medeiros será mãe. O procedimento foi possível depois que a mãe dela fez uma fertilização in vitro no Hospital das Clínicas de Goiânia, através do Sistema Único de Saúde (SUS). A técnica de reprodução consiste na colocação de um embrião no útero em laboratório.


A futura avó declara que, além de contribuir na realização de um dos sonhos da filha, ela também está muito contente com a situação. "Esse é um sentimento que não existem nem palavras para explicar”, comenta a dona de casa Maria da Glória, de 51 anos, que teve de emagrecer para conseguir engravidar. “A minha mãe foi guerreira. Ela teve que estar com a saúde boa e ainda emagrecer 11 kg”, ressalta Fernanda Medeiros, de 33 anos.


Além de perder peso e fazer acompanhamento com um endocrinologista, a dona de casa lembra como foram os primeiros passos antes da fertilização: “Já tinha cinco anos que eu não menstruava, aí tomei medicamentos e consegui menstruar. Preparei o útero certinho”.


Depois de 11 anos casado com Fernanda Medeiros, o técnico agrícola Alen Martins não esconde a emoção em saber que será pai. “Cheguei para um amigo e contei que minha sogra estava grávida e, consequentemente, ele me deu os parabéns. Já o outro que estava do nosso lado e não sabia do caso, ficou me olhado tentando entender. Agora, estamos muito felizes e ansiosos aguardando que esses noves meses passem o mais rápido possível”, declara Alen Martins.


O médico ginecologista Mário Approbato, responsável pelo processo de fertilização in vitro no Hospital das Clínicas, revela como foi realizado o procedimento para que Maria da Glória engravidasse: “Nesse caso, utilizamos as células germinativas femininas nos ovários da paciente, que não tinha o útero, e, logo em seguida, as fertilizamos com o sêmen do marido dela. Após isso, formou-se um embrião que foi colocado na mãe do futuro bebê”.


Segundo ele, a gravidez deve transcorrer normalmente. “Tudo indica que a gravidez será muita tranquila porque ela tem saúde suficiente para ter uma boa gestação. E, outra coisa que ela tem e que a maioria das jovens não possui, é a determinação de seguir as orientações médicas durante a gravidez. Provavelmente, ela irá seguir o pré-natal muito mais aderente”.



Cadastro


A gravidez da dona de casa foi possível através do programa de Fertilização In Vitro (FIV) que atende famílias de baixa renda no Hospital das Clínicas de Goiânia. A filha dela entrou em contato com a unidade no início deste ano e, em pouco tempo, recebeu o encaminhamento do Sistema Único de Saúde (SUS) para realizar o procedimento.


Para receber todas as informações sobre como funciona a fertilização e fazer o cadastro para aguardar vaga, os interessados devem entrar em contato com a unidade através do telefone (62) 3545-1700.


Notícia publicada no Portal G1, em 8 de junho de 2012



Reinaldo Monteiro Macedo* comenta


Pelo exposto na reportagem, temos múltiplos exemplos de amor se manifestando numa família. E é exatamente o amor o alvo a atingir por cada espírito criado pelo Pai.


A alegria de todos os envolvidos se revela nas palavras das pessoas dessa família, que contará com mais um membro em breve.


A inteligência nos foi dada por Deus para que possamos evoluir eternamente, e essa inteligência, neste caso, está sendo utilizada para o bem e para a vida, e já está trazendo tanta felicidade a todos pelas demonstrações indubitáveis de amor...


Mais um espírito vai reencarnar e assim ter mais uma oportunidade de dar continuidade à sua busca pelo progresso moral, pelo aprendizado e conquista de conhecimento das verdades da vida.


Vemos aqui um episódio de doação e de amor e damos graças a Deus que a Ciência esteja novamente sendo utilizada para o bem do homem, lembrando que este é o caminho que nos foi ensinado por Jesus.


Toda oportunidade de desenvolvimento de vida deve ser vista com olhos de ver, e entendido como algo belo promovido pela natureza... Pois que assim seja!


* Reinaldo Monteiro Macedo é aposentado, administrador e analista de sistemas de formação, expositor de estudos e colaborador do Centro Espírita Nair Montez de Castro no Rio de Janeiro/RJ e de algumas outras Casas.