Espiritismo .NET

Médicos veem rosto humano em ultrassom de tumor

Médicos veem rosto humano em ultrassom de tumor



Por Redação Yahoo! Brasil | Yahoo! Notícias


Um exame de ultrassom causou espanto a dois médicos da Universidade Queen, em Ontário, no Canadá. Ao analisar o exame do tumor de testículo de um homem de 45 anos, eles se depararam com uma imagem que mostra algo semelhante a um rosto humano com aparência assustada.


“Enquanto analisávamos o exame, os residentes e o pessoal médico se surpreenderam ao ver o contorno de um rosto de um homem olhando para o alto, com a boca aberta como se estivesse experimentando dores fortes”, escreveram os médicos Greg Roberts e Naji Touma na revista científica “Urology”.


O artigo ganhou o nome de “A face da dor testicular: uma surpreedente descoberta em uma ultrassonografia”. “Houve um breve debate sobre se a imagem podia ser de uma divindidade (talvez Min, o deus egípcio da virilidade masculina); no entanto, ficou estabelecido por consenso que se tratava de uma mera coincidência mais do que uma proclamação divina”, concluíram os médicos.


Notícia publicada no Yahoo! Notícias, em 3 de novembro de 2011.



Sergio Rodrigues* comenta


Realmente, é impressionante a semelhança entre a aparência do tumor revelado pela ultrassonografia em questão e a de um rosto humano. A explicação para tamanha semelhança por parte dos profissionais de saúde envolvidos é no sentido de "que se tratava de uma mera coincidência mais do que uma proclamação divina”. Alguns, interpretaram como sendo a imagem de uma divindade egípcia.


A questão é mesmo intrigante. A verdade, contudo, entendemos ser que não se pode apontar com precisão uma explicação para o fato. A vida ainda nos reserva muitos mistérios, pois a verdade somente vai se desvendando para o homem à medida que ele se depura. Para compreender certas coisas, faltam-lhe faculdades que ainda não possui e que somente serão adquiridas com a sua evolução, conforme esclarecem os Espíritos.


Pode ser simples coincidência, como concluiu os médicos? Pode. Por outro lado, pode ser também reflexo do estado emocional do paciente, plasmando no tumor suas reações diante da dor. Por enquanto, entendemos não ser possível uma opinião conclusiva a respeito, somente nos restando aguardar que a nossa evolução espiritual nos permita conhecer as causas deste e de outros mistérios que ainda povoam os nossos pensamentos.


* Sergio Rodrigues é espírita e colaborador do Espiritismo.Net.