Espiritismo .NET

Encontro Espírita Paraibano destaca a mediunidade como missão de amor

Encontro Espírita Paraibano destaca a mediunidade como missão de amor



Fátima Farias


O Encontro Espírita Paraibano (Enesp), que acontece anualmente no período do Carnaval, homenageou o “Livro dos Médiuns”, pelos 150 anos de edição. Numa realização da Federação Espírita Paraibana (FEPB), a história do Enesp vem se consolidando a cada ano, sempre com sucesso absoluto.


Paralelamente aconteceu o Enesp Jovem e o Enespinho, contemplando a participação dos jovens e crianças, com evangelização e atividades educativas e artísticos-culturais e recreativas.


Tendo como tema central: “Mediunidade: missão de amor”, os expositores da versão 2011 foram os seguintes: o mineiro Luiz Cláudio, reitor da Universidade Federal de Viçosa, e o médico paraense, Alberto Almeida. Além deles, a participação do presidente da Federação Espírita Paraibana, José Raimundo de Lima, e o advogado Vicente Gayoso.


Ao abrir o Enesp, sobre o tema geral, Luiz Cláudio enfatizou a importância do amor como essência da vida. Segundo ele, esta missão deverá estar sempre sintonizada com os ensinamentos de Jesus, ressaltando que todos os seus passos na Terra foram no sentido de usar a mediunidade como transformação e renovação social, além de libertação de corações. Daí concluir que “mediunidade sem Jesus é fenômeno vazio”.


Na palestra do final do evento, Alberto Almeida lançou seu primeiro livro “A arte do reencontro”, sendo apresentado pelo presidente da Federação Espírita Paraibana, José Raimundo de Lima. Alberto empolgou a plateia, ao fazer uma análise das relações, com o tema “Família: desatando nós e criando laços”.


O Enesp contou com a participação de diversas atrações artísticas: grupos musicais Parnaso e Aprendizes, além do teatro Pirilampos, todos da FEPB. O público foi brindado ainda com Renata Simões, ao violino, e a dupla Neifa e Wallace. Os jovens tiveram um encontro denominado “Arena com Alberto Almeida – trocando ideias sobre mediunidade”, no estilo “Pinga-fogo”.


Mais informações no portal www.fepb.org.br.