Espiritismo .NET

‘Bezerra de Menezes’, visto por 440 mil, vai virar série de TV

‘Bezerra de Menezes’, visto por 440 mil pessoas, vai virar série de TV



Julio Biar


Rio - A longevidade do filme ‘Bezerra de Menezes — O Diário de Um Espírito’, dos diretores Glauber Filho e Joe Pimentel, que estreou dia 29 de agosto, surpreende até o mais fiel seguidor da doutrina espírita, divulgada pelo famoso médico e político cearense.


E o sucesso vai dar frutos: a equipe do filme trabalha na adaptação da história para a TV, como minissérie, e em novo longa, a partir de cartas de Chico Xavier.


‘Bezerra’, que estreou com 44 cópias — e chegou às 65, nove semanas depois —, continua em cartaz em 37 salas e já foi visto por mais de 440 mil espectadores. “Nossa expectativa é atingir os 500 mil até janeiro”, empolga-se Luís Eduardo Girão, um dos diretores da ONG Estação da Luz, realizadora do projeto.


Girão segue agora formatando a minissérie. “Procuramos a Globo, que é nossa parceira através da Globo Filmes. Existe demanda por outros tipos de mídia, como a TV”, diz. Protagonista de ‘O Diário de Um Espírito’, Carlos Vereza está cotado para interpretar o médico mais uma vez. “Ele personificou Bezerra de Menezes muito bem, teve uma atuação brilhante”, elogia o produtor.


Caio Blat, que faz uma pequena participação no longa, gostou da novidade. “É sinal de que o tema é muito importante, urgente mesmo. O Espiritismo é uma filosofia que conforta as pessoas, cada vez mais interessadas em que se fale abertamente sobre o tema. É um senso de oportunidade da Globo fazer a minissérie”, comemora o ator, escalado para viver um hindu na novela ‘Caminho das Índias’, de Glória Perez. “Em nossa preparação, estudamos inclusive a teoria de reencarnação, que faz parte da tradição de várias religiões”, diz.


O filme sobre Chico Xavier, segunda produção da Estação da Luz, será lançado em 2010, ano do centenário do médium mineiro. “São quatro histórias de mães que perderam seus filhos: em acidente de automóvel, aborto, suicídio e câncer. Tudo deságua numa mensagem de esperança de Chico Xavier”, adianta Luís.


As histórias serão dirigidas por Glauber Filho, Joe Pimentel, Halder Gomes e Charles Northrup. “Decidimos reconstruir as histórias a partir das cartas psicografadas por Chico. Isso dá liberdade para o roteiro, o que não foi possível em ‘Bezerra’, que é praticamente um documentário”, argumenta Glauber.



Vida de Chico Xavier na tela


Segundo Glauber Filho, o roteiro do próximo filme ficará pronto em junho e as gravações estão marcadas para agosto do próximo ano. O elenco ainda não está definido, mas o diretor adianta: “Pretendemos trabalhar com alguns atores que fizeram o ‘Bezerra’ e outros que não puderam entrar por causa de suas agendas, como a Nicete Bruno”.


Sobre a escolha do tema — cartas psicografadas por Chico Xavier — Glauber diz que a Estação da Luz queria fazer um novo filme que tivesse a temática da espiritualidade e da paz, aproveitando o centenário do médium, em 2010. “A história da vida do Chico Xavier já é um projeto da Globo Filmes, por isso decidimos pelas cartas”, revela. De fato, a outra produção cinematográfica baseada na vida de Chico Xavier já está em andamento.


Baseado no best-seller ‘As Vidas de Chico Xavier’, do jornalista Marcel Souto Maior, o longa-metragem será dirigido por Daniel Filho. “Faremos a pré-produção em janeiro, as filmagens estão marcadas para abril. O texto está pronto e o elenco, definido”, declara o diretor, fazendo suspense.


Notícia publicada em O Dia Online, em 9 de dezembro de 2008.