Autor: 
Hans Neumann - espírito

 

 

“E então? Não pudestes vigiar comigo durante uma só hora?”

 

(Mateus, 26:40)

 

As anotações evangélicas são impregnadas de profundas lições, de alto valor para a vivência cristã e a iluminação espiritual. Cabe aos candidatos da obra do Senhor atenção e reflexão para tirar dos episódios da vida do Mestre as estrelas que deverão constelar e iluminar a jornada cósmica rumo à Deus.

 

O mundo, tal como no horto das aflições do Cristo, ainda é dominado pelos golpes de força e ganância da velha Roma, corrompido pela impenitência sarcástica dos fariseus contemporâneos e da espiritualidade barata e ambiciosa do Sinédrio passageiro.  

 

No entanto, vale lembrar que o Senhor continua orando e velando no horto. O mundo não está entregue às forças malignas e circunstantes.

 

É preciso, pois, se já queres laborar na obra do senhor, entender que, apesar das grandes lutas que impregnam o mundo de dores e aflições que nos chocam como outrora, é necessário atenção e vigilância nesta hora grave. O momento é de esperança e confiança nos poderes espirituais que verdadeiramente governam este mundo.

 

Se o mal cresce, em medida proporcional, as oportunidades de agir no bem igualmente, como na parábola do joio e do trigo. A hora aprazada apresenta-nos a oportunidade de servir, perdoar e amar.

 

Atenção, atenção! Essa é a hora em que o Senhor nos convida a vigiar com Ele.

 

Na Terra, encontraremos os que julgam que o mundo se transformará a golpes  das armas e ideias transitórias, como Barrabás; outros, acreditam na política circunstante que seduziu Judas, imaginando que o Cristo se renderia aos seus caprichos; e os que, como Pedro, alardeiam força e brutalidade da espada na defesa evangélica.

 

Nesse tocante, amigos diletos do coração, a experiência da convertida de Magdala é relevante e enobrecedora. A nobre amiga do Cristo não cristalizou os erros de outrora, como tantos, não se revoltou com o mundo após ser impregnada com a mensagem do monte, muito menos, viu nela obra para demolição a força das velhas fórmulas egoísticas que impregnam o mundo até hoje.

 

Madalena encontrou no seu mundo interior os senhores de Roma, os debatedores mesquinhos do Sinédrio e rígidos fariseus.  Permaneceu, ante o seu horto das aflições íntimas, vigiando com o Senhor para que a força da mensagem renovadora, como o trigo da parábola do Cristo, crescessem perenemente e as velhas fórmulas do joio da transitoriedade fossem arrancadas e jogadas ao fogo das expiações glorificantes.

 

Vigiemos com o Senhor, nessa hora grave e de grandes labores espirituais!

 

Olhemos para o universo íntimo e corrijamos o pensamento do Judas que povoa as nossas reflexões, a verborragia e olhar anuviado do Barrabás interior e a ação desastrosa de nosso Pedro no horto. Portanto, iluminemos o pensamento, o verbo, o olhar e a ação.

 

 

Hans Neumann ( Espírito)

Médium: T. B.S.

Atendimento Fraterno via chat. De domingo a sexta-feira, das 20h às 22h; quinta-feira, das 08h15 às 11h15; e em dias e horários alternativos.