Autor: 
Hans Neumann

Bondoso mestre nazareno, eis que a nossa alma, em júbilo, levanta os olhos na direção do teu augusto coração.

Reconhecemos, senhor, a nossa pequenez frente à sua inolvidável grandeza. Mas, senhor, permita-nos, mais uma vez, cantar o hino sagrado das almas esperançosas que, muito embora as grandes lutas do mundo, sabem ecoar a esperança através da eterna melodia do amor e da ternura.

Sabemos, sublime peregrino, que outrora nosso espírito infante, tisnado pela ignorância e violência, sucumbiu sob o peso do erro e da maldade.

Na África continental, berço espiritual e místico da nossa civilização, transformamos sabedoria e transcendência em força para o triunfo sobre os nossos inimigos, traindo as forças superiores que nos assessoraram; na Grécia, escarnecemos do grande e sábio Sócrates e, na ágora, transformamos filosofia e saber em violência civilizatória, acompanhando Alexandre, o príncipe macedônico, até os confins do mundo conhecido, espalhando morte e o domínio da força; sob a tutela da civilização abraâmica, transformamos o sofisticado culto ao Deus único em força cristalizadora da soberba e do orgulho; com Krishna, Fo-Hi e Buda, as grandes estrelas do oriente, transformamos a luz pura da sabedoria em masmorras dogmáticas onde a verdade foi torturada até a morte. Mas, eis que tu mesmo vieste em vestes de carne entre nós, e transformamos o teu amor em cruz, a tua paz em espada, a tua fraternidade em cruzadas e fogueiras onde imolamos os teus mensageiros.

Eis-nos aqui senhor, novamente nas paisagens terrestres, buscando extrair do nosso coração a víbora do egoísmo e do orgulho que nos afasta do paraíso da consciência remida e pura, onde ouviremos o Abba, o Paizinho de amor infinito.

Oh, bondoso Jesus, dá-nos forças para transformar a nossa rebeldia em disciplina amorosa, a violência autodestruidora em coragem espiritual e soerguimento moral; as trevas da descrença em fé pura e serena; o joio do egoísmo no trigo da caridade.

 Assim, inolvidável amigo, no final das lutas desta vida, que a nossa alma se rejubile com a tua luz e cante a alegria das almas remidas pelo teu amor.

 

Hans Neumann

Rio de Janeiro, 31 de janeiro de 2022

Médium: T. B. S

Atendimento Fraterno via chat. De domingo a sexta-feira, das 20h às 22h; quinta-feira, das 08h15 às 11h15; e em dias e horários alternativos.