2011-01-19 Semana Espírita em Salvador aborda o tema "Prazer de Viver"

Semana Espírita em Salvador aborda o tema "Prazer de Viver"


A partir do próximo sábado, o Centro Espírita Casa de Redenção Joanna de Ângelis promove a 14ª edição de sua Semana Espírita, com palestras em sua sede, sempre às 20h, até o dia 29 de janeiro. Ainda na programação, sessão de pintura mediúnica, além de um Seminário Espírita.

As palestras contarão com os expositores José Alberto Medrado, Nahon Castro, Francisco Masan, Marcel Mariano, Solon Queiroz, Kau Mascarenhas, Djalma Argolo e Adenáuer Novaes.

Os assuntos abordados serão "Prazer de Viver - O Sentido da Vida", "Relações Afetuosas", "Receitas para Alma", "Os Prazeres da Alma", "Escutando Sentimentos", "Quem Sabe Pode Muito, Quem Ama Pode Mais", "Religião e Religiosidade" e "Destino Humano".

No domingo, dia 23, das 9h às 12h, haverá uma sessão de pintura mediúnica, com o médium José Alberto Medrado, e posterior leilão de quadros. E no sábado, dia 29, das 9h às 13h, Adenáuer Novaes apresenta o Seminário "Mito Pessoal e Destino Humano".

O endereço do Centro Espírita Casa de Redenção Joanna de Ângelis é Rua Lima Borges, nº 5, Patamares, Salvador, BA.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (71) 3363-5656.



Sedes atraem prostitutas adolescentes

"A exploração sexual infantil não está mais tão visível, ela acontece nos bastidores da sociedade, por isso há dificuldade para combatê-la", disse Angélica Goulart, secretária nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente da Secretaria dos Direitos Humanos. Sergio Rodrigues comenta.

Congresso Médico-Espírita no Rio Grande do Sul

Nos dias 6 e 7 de setembro de 2014 acontece o 6º Congresso Médico-Espírita do Rio Grande do Sul, com o tema "150 anos de 'O Evangelho Segundo o Espiritismo' - Desafios da Alma no Mundo em Crise". Palestras já confirmadas de Décio Iandoli, Marlene Nobre e Sergio Lopes.

"Rir é tão importante para nossa vida quanto a inteligência ou a criatividade"

Rir nos torna mais inteligentes, criativos e saudáveis, segundo o neurocientista cognitivo Scott Weems. Ele explica de que maneira algumas gargalhadas revelam crenças e preconceitos e oferecem soluções inéditas para nossos problemas. Paula Mendlowicz comenta.