2011-01-19 Semana Espírita em Salvador aborda o tema "Prazer de Viver"

Semana Espírita em Salvador aborda o tema "Prazer de Viver"


A partir do próximo sábado, o Centro Espírita Casa de Redenção Joanna de Ângelis promove a 14ª edição de sua Semana Espírita, com palestras em sua sede, sempre às 20h, até o dia 29 de janeiro. Ainda na programação, sessão de pintura mediúnica, além de um Seminário Espírita.

As palestras contarão com os expositores José Alberto Medrado, Nahon Castro, Francisco Masan, Marcel Mariano, Solon Queiroz, Kau Mascarenhas, Djalma Argolo e Adenáuer Novaes.

Os assuntos abordados serão "Prazer de Viver - O Sentido da Vida", "Relações Afetuosas", "Receitas para Alma", "Os Prazeres da Alma", "Escutando Sentimentos", "Quem Sabe Pode Muito, Quem Ama Pode Mais", "Religião e Religiosidade" e "Destino Humano".

No domingo, dia 23, das 9h às 12h, haverá uma sessão de pintura mediúnica, com o médium José Alberto Medrado, e posterior leilão de quadros. E no sábado, dia 29, das 9h às 13h, Adenáuer Novaes apresenta o Seminário "Mito Pessoal e Destino Humano".

O endereço do Centro Espírita Casa de Redenção Joanna de Ângelis é Rua Lima Borges, nº 5, Patamares, Salvador, BA.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (71) 3363-5656.



Como a música que toca na loja influencia suas compras

Defensores da música ambiente argumentam que ela pode manipular o comportamento de consumidores tanto quanto o design de uma loja, a organização e decoração do espaço e a forma como os produtos são apresentados. Glória Alves comenta.

Seminário sobre Kardec em São Paulo

Será realizado no dia 1º de outubro de 2016, a partir das 18h30 no Grupo Espírita Irmã Marisa, o Seminário “Para entender Kardec educador”. A facilitadora será a educadora, jornalista e escritora Dora Incontri. O evento promovido pela União das Sociedades Espíritas Municipal de Osasco celebra os 212 anos de Allan Kardec.

Juíza diz que meritocracia 'naturaliza pobreza' e post viraliza nas redes sociais

O texto de uma juíza do interior do Paraná criticando a ideia de meritocracia viralizou nas redes sociais, chegando a atingir mais de 100 mil curtidas e 36,5 mil compartilhamentos. Nele, a magistrada Fernanda Orsomarzo diz que o discurso da meritocracia “naturaliza a pobreza”. Jorge Hessen comenta.