2007-09-12 Depois do estresse, a depressão

Estresse

Depois do estresse, a depressão


Pouca gente sabe, mas a maioria dos casos de depressão, que já é considerada um dos grandes males do século 21, começa com o estresse crônico ou agudo. Esse problema, juntamente com os distúrbios no sistema cardiovascular podem ser considerados os principais perigos que o estresse pode provocar.

Segundo o psiquiatra Renério Fraguas Junior, situações estressantes podem desencadear outros problemas além da depressão, como a síndrome do pânico e o transtorno bipolar, em que o estado do paciente oscila entre o eufórico e o depressivo.

O contrário também pode acontecer. Da mesma forma que pessoas submetidas a estresse são mais suscetíveis à depressão, as pessoas deprimidas têm mais propensão a se sentirem pressionadas e a se encontrarem em situações estressantes, ou seja, a depressão também favorece o estresse.

Fragilidades no sistema cardiovascular também costumam ser potencializadas com a depressão. Isso quer dizer que aqueles que já tiveram algum problema com o coração e apresentarem depressão associada a exposição ao estresse têm cerca de três vezes mais chance de sofrer um enfarte. 

http://www.terra.com.br/saude


Vida e Saúde – Qualidade de Vida
Redação Terra: Thais Gurgel



Mãe de vítima salva iraniano da forca à beira de execução

Um homem foi salvo da forca pela mãe do rapaz que assassinou segundos antes de ser executado no Irã, de acordo com o Daily Mail. De acordo com o pai da vítima, o filho da mulher teria aparecido em um de seus sonhos e pedido que a família não se vingasse. Sergio Rodrigues comenta.

Treinamento para o Serviço de Perguntas e Respostas e Atendimento Fraterno

O Portal Espiritismo.net promove no próximo mês de agosto o treinamento unificado anual para a formação de atendentes para as equipes de Atendimento Fraterno e do Serviço de Perguntas e Respostas, ambas as tarefas realizadas no ambiente virtual.

Contra estresse, argentinos recorrem a 'clube do quebra-quebra'

Argentinos que se sentem nervosos, frustrados ou estressados no trabalho têm agora um caminho alternativo para aliviar sua tensão. É o "clube do quebra-quebra". No local, é possível esmagar e destruir objetos só para relaxar. Nara de Campos Coelho comenta.