2007-09-12 Depois do estresse, a depressão

Estresse

Depois do estresse, a depressão


Pouca gente sabe, mas a maioria dos casos de depressão, que já é considerada um dos grandes males do século 21, começa com o estresse crônico ou agudo. Esse problema, juntamente com os distúrbios no sistema cardiovascular podem ser considerados os principais perigos que o estresse pode provocar.

Segundo o psiquiatra Renério Fraguas Junior, situações estressantes podem desencadear outros problemas além da depressão, como a síndrome do pânico e o transtorno bipolar, em que o estado do paciente oscila entre o eufórico e o depressivo.

O contrário também pode acontecer. Da mesma forma que pessoas submetidas a estresse são mais suscetíveis à depressão, as pessoas deprimidas têm mais propensão a se sentirem pressionadas e a se encontrarem em situações estressantes, ou seja, a depressão também favorece o estresse.

Fragilidades no sistema cardiovascular também costumam ser potencializadas com a depressão. Isso quer dizer que aqueles que já tiveram algum problema com o coração e apresentarem depressão associada a exposição ao estresse têm cerca de três vezes mais chance de sofrer um enfarte. 

http://www.terra.com.br/saude


Vida e Saúde – Qualidade de Vida
Redação Terra: Thais Gurgel



Seminário no Rio de Janeiro

Será realizado no dia 21 de fevereiro de 2016, das 10h às 15h no Grupo Espírita Caminho da Esperança, o Seminário "Ciência e Espiritualidade". A facilitadora será Anete Guimarães  - palestrante, psicóloga, parapsicóloga e pesquisadora universitária no Rio de Janeiro. A entrada é franca.

A Terra está mudando a geografia da Lua

A Terra e a Lua são vizinhas de parede. E esse nosso vizinho interfere diretamente nas marés dos oceanos terrestres. Agora imagens feitas pela NASA revelam milhares de fissuras e escarpas causadas por forças gravitacionais oriundas do planeta em que vivemos. Sergio Rodrigues comenta.

Chineses estão comprando ar engarrafado produzido no Canadá

A população chinesa está entrando em pânico com os altos níveis de poluição - e a mais nova solução é ar enlatado. Ar engarrafado pode não parecer uma boa ideia, mas, segundo a start-up canadense Vitality Air, a alternativa está fazendo sucesso entre os chineses. Claudio Conti comenta.