2007-09-12 Quem está mais exposto ao estresse?

Estresse

Quem está mais exposto ao estresse?


Se você associa o estresse a executivos e a profissionais com grandes responsabilidades no trabalho, mude seus conceitos. A profissão, hoje em dia, não define se uma pessoa estará mais ou menos exposta ao estresse.

"A situação em que está inserida no trabalho é mais importante do que o posto que a pessoa ocupa, ou sua profissão", afirma o psiquiatra Renério Fraguas Junior. Posições de trabalho com alta demanda, cobrança e baixa autonomia, além daquelas que requerem muita responsabilidade são as que proporcionam mais estresse. Outro grande vilão é o desemprego.

Segundo o psiquiatra, o estresse entre pessoas que não detêm cargo de comando pode ter crescido pela insegurança cada vez maior que existe nas grandes cidades. "Os papéis nelas são muito pouco definidos, as pessoas são anônimas e há pouco suporte social. Você não sabe com quem pode contar e está sujeito a uma desconfiança maior." 

http://www.terra.com.br/saude


Vida e Saúde – Qualidade de Vida
Redação Terra: Thais Gurgel



Conselho de Ética alemão quer legalizar incesto entre irmãos

O Conselho Nacional de Ética (CNE) da Alemanha pediu o fim da criminalização do incesto entre irmãos, após a análise de recente caso. Segundo o órgão consultivo "não é apropriado para um direito penal preservar um tabu social". Hermes Rocha comenta.

Festival de Arte Espírita no Mato Grosso

Acontecerá no dia 18 de outubro de 2014 no Centro Integrado de Ensino o 14º Festival de Arte Espírita de Rondonópolis. O evento, organizado pelo Núcleo de Evangelizadores Espíritas, apresenta "Ismael, a saga de um anjo brasileiro", musical baseado no livro "Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho".

Cérebros conectados

Transmissão de pensamento é cada vez menos tema de ficção. Cientistas americanos colocam pesquisas de comunicação entre cérebros em novo patamar ao fazerem experimento com humanos. No estudo, pesquisador moveu o braço de colega pelo pensamento via internet sem fio. Sergio Rodrigues comenta.