2007-09-12 Quem está mais exposto ao estresse?

Estresse

Quem está mais exposto ao estresse?


Se você associa o estresse a executivos e a profissionais com grandes responsabilidades no trabalho, mude seus conceitos. A profissão, hoje em dia, não define se uma pessoa estará mais ou menos exposta ao estresse.

"A situação em que está inserida no trabalho é mais importante do que o posto que a pessoa ocupa, ou sua profissão", afirma o psiquiatra Renério Fraguas Junior. Posições de trabalho com alta demanda, cobrança e baixa autonomia, além daquelas que requerem muita responsabilidade são as que proporcionam mais estresse. Outro grande vilão é o desemprego.

Segundo o psiquiatra, o estresse entre pessoas que não detêm cargo de comando pode ter crescido pela insegurança cada vez maior que existe nas grandes cidades. "Os papéis nelas são muito pouco definidos, as pessoas são anônimas e há pouco suporte social. Você não sabe com quem pode contar e está sujeito a uma desconfiança maior." 

http://www.terra.com.br/saude


Vida e Saúde – Qualidade de Vida
Redação Terra: Thais Gurgel



Arte Espírita no Ceará

Será realizado no dia 31 de julho de 2016, de 9h às 16h no Grupo Espírita Casa de Ismael, o 8º Dia da Arte Espírita em Caucaia - Conhecendo Deus através da arte. O tema central é “A arte de mãos dadas com a mediunidade”. Na programação, apresentações e oficinas de música, teatro, poesia, pintura e audiovisual.

Confraternização Espírita em MT

De 29 a 31 de julho de 2016 acontecerá na Josi Eventos mais uma edição anual da Confraternização dos Espíritas de Mato Grosso (CONEMAT). O tema central é “As Leis Divinas como instrumento para ser feliz”. Na programação, palestras de Alberto Almeida, Alirio de Cerqueira Filho e do convidado especial Raul Teixeira.

Belga pede autorização para eutanásia por não se aceitar gay

Um homem gay belga quer receber autorização legal para morrer. Para isso, argumenta que sofre psicologicamente por não conseguir aceitar sua sexualidade. Ele diz já ter pensado cuidadosamente sobre o momento em que sua vida chegará ao fim. Jorge Hessen comenta.